Economia

Atividade e emprego na construção recuam pelo 5º mês consecutivo

Os cariocas têm a chance de ter sair do aluguel e ter sua casa própria através do Casa Verde e Amarela RJ, tudo isso por um preço abaixo do cobrado pelo mercado mobiliário. Se você deseja ter sua casa própria, não perca tempo e fique por dentro de todas informações sobre o programa Casa Verde e Amarela. Siga nos acompanhando para conferir todos os detalhes referentes ao mesmo!

Casa Verde e Amarela Rio de Janeiro

Criado pelo Governo Federal, o programa Casa Verde e Amarela vem realizando o sonho de muitos brasileiros: o de ter sua casa própria. Ele vem auxiliando às famílias que buscam financiamento para moradia.

E não é diferente no estado do Rio de Janeiro. Muitos cariocas vêm realizando o sonho da casa própria e dando adeus ao aluguel. 

Para oferecer um financiamento com preço relativamente baixo (se comparado à outros), o programa Casa Verde e Amarela RJ tem parceria com algumas empresas e entidades sem fins lucrativos. 

A seguir, confira mais informações sobre o Casa Verde e Amarela no estado do Rio de Janeiro!

Tipos de financiamento do Casa Verde e Amarela RJ 

O Casa Verde e Amarela RJ funciona de acordo com os tipos de financiamento, onde varia de acordo com a faixa salarial do contratante. 

Veja a seguir as faixas:

Famílias com renda de até R$ 1.800,00:

  • Faixa 1 – Esse tipo de financiamento dura 120 meses, que tem prestação variando entre R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar;

Famílias com renda de até R$ 2.600,00:

  • Faixa 1,5: Nessa faixa é possível comprar um imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais;

Famílias com renda de até R$ 4.000,00:

  • Faixa 2: Se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você encaixa e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00;

Famílias com renda de até R$ 7.000,00:

  • Faixa 3: famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​, a faixa 3 oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado.

Requisitos para financiar com o Casa Verde e Amarela Rio 

O Casa Verde e Amarela RJ é um programa destinado à todos os cariocas. Mas, é preciso estar encaixado nas regras estabelecidas. 

Veja a seguir quem esta apto a solicitar este financiamento:

  • Brasileiros que não tenha casa própria, nem financiamento de imóvel em seu nome;
  • Os cidadãos precisam ter renda de até três salários mínimos;
  • Pessoas que não recebam benefícios do governo de habitação social;
  • Trabalhadores autônomos que apresentem carnê do INSS.
  • Cidadãos brasileiros que possam comprovar renda com holerite ou outro comprovante.

Inscrições Casa Verde e Amarela RJ 

Agora que você já está ciente de todas as informações referentes ao programa, chegou o momento de conferir como funcionam as cadastro Casa Verde e Amarela

O procedimento irá variar de acordo com as condições que a família de enquadra. Confira a seguir as formas de cadastro:

  • Família com renda mensal per capita menor que R$ 1.800,00: É necessário se inscrever na prefeitura de sua cidade ou em uma entidade organizadora para iniciar o processo de seleção;
  • Família com renda mensal per capita de até R$ 7.000,00​​: O Contrato é feito direto com a Caixa Econômica Federal;
  • Em ambas as opções, a Caixa irá avaliar os contratos e realizará um sorteio. 
  • Caso você seja o sorteado, a Caixa irá lhe informar e você assinará o contrato de financiamento. 

No momento do contrato, será necessário apresentar os seguintes documentos:

  • Identidade e CPF;
  • Comprovante de renda;
  • Extrato do seu FGTS recente;
  • Ficha de cadastro habitacional;
  • Comprovante da declaração de imposto de renda;
  • Certidão de nascimento ou casamento para os casados.

Contato Caixa 

Caso ainda haja dúvidas, entre em contato com a caixa através do seguinte número:

  • Telefone: 0800 721 6268.
Economia

Estudantes que utilizam o FIES devem ficar atentos ao aditamento

Os estudantes que utilizam o FIES para financiar seus estudos devem ficar atentos aos prazos para a realização do Aditamento FIES 2021. Muitos acabam perdendo as datas para fazer essa renovação e com isso perdem o benefício. Saiba tudo sobre o Aditamento FIES 2021 e não perca o seu financiamento.

Aditamento FIES 2021

O FIES ou Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior foi criado pelo Ministério da Educação em 1999 e tem como principal objetivo oferecer financiamento estudantil a todos que não podem pagar a mensalidade de um curso superior integralmente.

Assim que o estudante consegue o seu financiamento, ele deve ficar atento aos prazos para efetuar a sua renovação de contrato de financiamento. Se por acaso ele perde esses prazos, infelizmente o seu financiamento é cancelado. Você confere outros motivos de cancelamento, no momento das inscrições FIES 2021, nas cláusulas do contrato.

Financiar os estudos com o FIES 2021 ainda é uma das melhores opções para quem quer estudar e não consegue pagar as mensalidades da faculdade integralmente.

O Aditamento FIES 2021 é a renovação do financiamento conquistado pelo estudante, logo quando sai o resultado FIES 2021. Ele é realizado 2 vezes por ano e é muito importante que o estudante realize essa renovação para ter o seu financiamento garantido até o final do curso.

Existem dois tipos de aditamento: o simplificado e o não simplificado.

O simplificado é quando o aluno não precisa fazer nenhuma alteração dos seus dados cadastrais e não possui nenhuma pendência financeira. Já o não simplificado é destinado aos estudantes que precisam alterar alguma informação cadastral e que possuem pendências financeiras, por isso, é importante conhecer a documentação para FIES 2021.

Solicitação do Aditamento FIES 2021

Este aditamento deve ser realizado através do SisFIES ou Sistema Informatizado do FIES. Quem solicita esse aditamento é a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). O estudante, depois dessa solicitação, deve realizar a confirmação eletrônica.

Depois que a CPSA faz a solicitação de aditamento aos estudantes, eles devem conferir as informações inseridas no SisFIES e verificar se elas estão corretas.

Como fazer o Aditamento FIES 2021

O aditamento FIES 2021 poderá ser simplificado e não simplificado, como você observou acima, e ele é feito 2 vezes por ano.

Esse aditamento deve ser feito através do SisFIES. Depois de conferir todas suas informações cadastrais, o estudante deverá proceder da seguinte maneira:

Se os dados estiverem corretos, os estudantes devem comparecer em até 20 dias na CPSA para retirar o Documento de Regularidade de Matrícula ou DRM. Este documento deve estar devidamente assinado pelo presidente ou vice da comissão;

Se as informações estiverem incorretas, o estudante deve rejeitar esse aditamento e entrar em contato com a CPSA para corrigir as informações e reiniciar o processo de aditamento.

Passo a passo do Aditamento FIES 2021

Veja como é fácil fazer o aditamento:

  • Depois de receber o e-mail informando sobre a liberação do seu aditamento e acessar o site do SisFIES, clique em “Aditamento de Contrato”;
  • Agora, clique no botão “Aditamento de Contrato”;
  • Faça o login e verifique se seus dados estão corretos;
  • Se tudo estiver certo, no final da página, marque “sim”;
  • Agora, uma nova opção aparecerá e você deverá selecionar se precisa fazer alguma alteração ou não, e depois é só clicar em “Confirmar aditamento”;
  • Na tela que aparecer, haverá uma confirmação dizendo que o aditamento foi realizado. Por fim, basta imprimir o comprovante seguindo o link no final da página.

É importante ressaltar que se o aditamento for não simplificado, logo após assinarem o documento de regularidade de matrícula, os estudantes deverão dirigir-se ao Agente Financeiro para formalizar o aditamento em até 10 dias e assinar o contrato de financiamento.

Os estudantes deverão ir acompanhados de seus fiadores e representantes legais.

Caso ocorra o não comparecimento dos estudantes para a realização do aditamento, o financiamento será cancelado, portanto, fique atento aos prazos para não perder o benefício.

Economia

Importância do PIS aos brasileiros

Assim como qualquer outro benefício, saber quem tem direito ao PIS 2021 é muito importante para os brasileiros. Isso porque esse benefício é destinado aos trabalhadores privados. E mesmo sendo bastante conhecido entre nós, ainda tem pessoas que não sabem quem tem direito ao PIS 2021  e passam despercebidas pelo assunto. Por esse motivo, resolvemos ajudar.

Reunimos aqui as principais informações sobre esse benefício e como você pode está garantindo sua participação. Então, continue lendo e saiba tudo sobre quem tem direito ao PIS 2021 a seguir!

PIS 2021

Bastante conhecido apenas pela sua sigla, o Programa de Integração Social é um benefício de auxílio para os trabalhadores que são do setor privado. Para que seja possível de fato está recebendo esse valor, os trabalhadores devem está com cadastro ativo no Fundo PIS/PASEP.

Funcionando a mais de 70 anos, esse benefício veio sofrendo mudanças ao longo dos anos para que pudesse ser melhor distribuído. Assim, novas regras foram estabelecidas e para sacar esse valor é preciso segui-las.


Quem tem direito ao PIS 2021

É do saber de todos nós que nem todos os trabalhadores do setor privado pode está aptos a receber a sua quantia. Para poder receber, é preciso está atento a quem tem direito ao PIS 2021. Como já chegamos a falar acima, os requisitos são os seguintes:

  • Trabalhadores que possuem cadastro ativo no PIS a mais de 5 anos de inclusão;
  • Trabalhadores que recebem até 2 salários mínimos por mês;
  • Trabalhadores que tenham tido atividade efetiva no trabalho no mínimo 30 dias seguidos no ano-base constatados em sua carteira;
  • É preciso que trabalhador esteja constando na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) oferecida pelo empregador, com todos os dados fornecidos corretamente.

Novas regras PIS 2021

Com a necessidade melhorar essa distribuição, o Governo passou a implementar por ele que o valor recebido pelos beneficiários não seria mais unitário para todos os trabalhadores. Antes, qualquer trabalhador que fosse inscrito no PIS recebia o valor igual aos demais

Mais a frente você poderá está vendo de forma detalhada sobre o seu valor que está atualmente. Mas a sua distribuição mudou. Com as novas regras do PIS 2021, esse valor é distribuído de forma percentual.


Valor do PIS 2021

Assim como a maioria dos benefícios oferecidos pelo Governo Federal, o valor do PIS pode sofrer seus reajustes conforme o passar dos anos. Isso porque quem tem direito ao PIS 2021 recebe seu valor de acordo com o salário mínimo que está vigente.

✓ Não deixe de conferi as novidades do PASEP 2021!

E ciente de que todos os anos esse valor base também é reajustado, os valores do benefício também será alterado. Também conhecido como o famoso abono salarial, para os que não trabalharam de forma integram ao ano, estará recebendo o percentual de meses trabalhados.

Como o banco que é responsável pela distribuição desses benefícios é a Caixa Econômica, é possível está sacando seu valor em qualquer ponto de atendimento da Caixa. E não esqueça de está sempre com o seu cartão do benefício e documento com foto para comprovação.


Cota PIS 2021

Outro beneficio oferecido para os trabalhadores, são as suas Cotas. Que são os rendimentos disponíveis em sua conta individual de participação do programa. Esses são os rendimentos que são incorporados em sua conta e podem ser solicitados para saque. 

Para isso, é preciso apresentar alguns documentos ao banco e prosseguir com o seu saque. Ainda não sabe quais são? Clique aqui e confira quem tem direito a esse saque!


Como consultar PIS 2021

Com os avanços tecnológicos, você pode está conseguindo consultar saldo do PIS 2021 sem precisar sair de casa. Feita através do site, você pode prosseguir da seguinte maneira:

  • Em seguida, escreva nos campos solicitado o número do seu PIS e escolha uma senha;
  • Caso seja o seu primeiro acesso, selecione a opção ‘Cadastrar senha’;
  • Confira o termo e condições e continue clicando em ‘Aceitar’;
  • Digite a senha do seu cartão e a senha que escolheu;
  • Encerre selecionando a opção de segurança e clicando em ‘Confirmar’.

Depois é só voltar ao menu e fazer seu login. Se preferir, você pode está fazendo essa mesma consulta através do telefone de contato: 0800 726 0207. Esse é o número de atendimento da Caixa Econômica.

Economia

Veja como transferir o Bolsa Família para outro estado

O Bolsa Família é um programa com muita importância social no nosso país. A iniciativa garante que as famílias que se encontram em situação de pobreza possam receber atenção especial do governo através de um suporte financeiro mental.

Para continuar recebendo a bolsa, a família deve estar sempre em regular com o programa e informar em caso de mudança de estado. Você sabe como transferir o seu auxílio para outra região? Leia o texto abaixo e descubra.

Como funciona o Bolsa Família?

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda que proporciona subsídio das necessidades básicas para as famílias cadastradas. Para isso, é necessário que elas estejam com a documentação em dia e em situação regular com o órgão responsável. Por isso, quem ainda não realizou o cadastro Bolsa Família 2021, deve ficar atento!

O valor do bolsa família depende cada núcleo familiar e da quantidade de crianças e adolescentes dependentes cadastrados. Supostamente, esta cifra deve ser suficiente para suprir vestimenta, transporte, alimentação, entre outros.

Como transferir a bolsa para outro estado?

Quem já faz parte do Bolsa Família está registrado no Cadúnico e por isso, precisa manter os dados atualizados no recurso. Para que isso aconteça, você precisa procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do estado em que reside no momento com toda a sua documentação e dos seus dependentes.

Você deverá atualizar os dados no novo CRAS, portanto um comprovante de residência do novo endereço. Outros documentos podem ser exigidos, então, informe-se antes com o atendimento da instituição local.

Para não atrasar o pagamento de acordo com o calendário Bolsa Família 2021, não se esqueça de atualizar o CRAS em relação a mudança de escola dos dependentes.

O que acontece se eu não informar a mudança?

Como você já deve saber, o Bolsa Família é um programa que dispõe de algumas regas de uso e o beneficiado deve segui-las corretamente em primeiro lugar, é importante ressaltar que todos os dados da família cadastrada devem estar sempre atualizados e informados ao CRAS.

Estes dados são muito importantes para o Governo Federal e quando a família deixa de cumprir, não informando a mudança de endereço, por exemplo, a bolsa a ser recebida pode ficar retida e até ser suspensa.

Quando isso acontece, a família prejudicada precisa correr atrás dos danos e se regularizar o mais rápido possível. Só com os dados e dias, o benefício será liberado novamente.

Economia

7 Dicas para ler antes de comprar os materiais escolares

Comprar material escolar é uma atividade corriqueira e semestral para quem possui filhos ou dependentes ainda no período escolar. Ruim? Há quem goste e eventualmente as crianças participam. Mas para tornar a compra menos problemática e mais produtiva temos algumas dicas bacanas.

Dicas importantes para comprar material escolar

Comprar material escolar é algo que vai ser feito de todo jeito. Tão importante quanto a matricula fácil do estudante porque ele precisa de material de qualidade e importante para suprir suas necessidades de aprendizado no dia a dia. Mas antes de sair pelas lojas com a lista na mão há dicas importantes. Algumas delas são:

Pesquise em várias lojas

Venda de material escolar gera um grande mercado e muitas lojas multi coisas focam nele para vender itens. Os preços, contudo, não abaixam pela alta oferta. A melhor forma de conseguir pagar menos é com uma boa garimpagem no mercado, pesquisa em lojas do setor. Quanto mais pesquisar melhor.

Nem sempre a melhor marca é a mais cara

Marcas famosas dos itens de papelaria são muitas. Algumas mais conhecidas e populares e bem caras por chamar a atenção dos jovens. A usabilidade, contudo, é a mesma. Um caderno de R$ 40 será usado para a mesma finalidade de um de R$ 9,9.

Leve em considerado as opções das crianças/adolescentes

Seu filho pode não ajudar a usar o sistema da matricula fácil RJ 2022 mas ele com certeza vai querer escolher qual caderno vai usar. Qual cor vai usar, qual modelo e estilo de caderno ou agenda são itens importantes para os usuários escolherem. Eles precisam opinar sobre o que vão usar por longos meses.

Comprar material para o ano todo não é uma boa escolha

Assim como fazer feira por longo período pode acabar pagando mais caro a regra vale para material escolar. Este posicionamento é baseado em uma regra simples: quando um produto não é mais procuro ele entra em promoção. O comércio não curte mercadoria parada e revende os produtos mais em conta.  Quanto mais distante se fica do começo das aulas mais barato se paga em um item para material escolar.

Pagamento à vista pode render bons descontos

Há um custo para ter maquineta de cartão de crédito na loja e isso é repassado para os clientes. Pode ser interessante levar o dinheiro para comprar material escolar e economizar mais de 10%.

Fuja de marcas famosas

A função de uma caneta, de um lápis de cor e itens afins não mudam porque a fabricante não possui uma logo popular. Pense nisso antes de escolher um produto para usar apenas na escola ou como material de estudo em casa. As vezes paga-se muito mais por isso.

Comprar de última hora pode te fazer pagar mais caro

Quanto mais distante se estiver do início das aulas melhor. Esperar para a última semana te fará perder longas horas na fila e pagar um valor exorbitante. As vezes o dobro do preço por um produto porque estamos lidando com uma necessidade maior de compra. Os meses de janeiro e julho são de maior aumento do setor de papelaria.

Economia

Aprimoramento na área da educação

Juízes e Promotores da Vara da Infância e da Juventude do Espírito Santo participam, no período de 19 a 22 de novembro, do Encontro pela Justiça na Educação na cidade Domingos Martins, a 60 quilômetros de Vitória.

O Centro de Ensino Especial 1, uma escola de Brasília que trabalha com deficientes auditivos e mentais, está usando a capoeira como atividade física e tendo ótimos resultados. O trabalho é desenvolvido pelo professor de Educação física, Fábio Ferreira. São duas turmas, num total de 60 alunos. Em entrevista ao Escola Brasil, Fábio Ferreira diz que a prática da capoeira ajuda essas crianças a se sentirem menos discriminadas. A prática também melhora a coordenação motora, a comunicação e a concentração.

O Governo está sempre buscando melhor a educação do cidadão brasileiro, para que o mesmo possa ter um futuro melhor, e mais uma iniciativa para isso, foi a criação do Encceja 2021, um programa que fornece o diploma do ensino fundamental ou médio para jovens e adultos que não concluíram o ensino.

Resposta de Carta – Denúncia contra prefeito de Bonópolis, no estado de Goiás – Professores da cidade se organizam e entram na Justiça contra o prefeito João Albino e sua filha, a secretária de Educação Luciana Albino. O motivo é não pagamento do salário desde agosto. A cidade recebeu R$ 58.358,00 do Fundef, de agosto a outubro. A Lei do Fundef determina que 60% desse dinheiro seja aplicado no pagamento e na capacitação de professores.

A secretaria de Educação havia dito aos professores que não pagava os salários por falta de recursos. O prefeito e a secretária não foram encontrados pela reportagem. As irregularidades em Bonópolis são denunciadas também por dona Lúcia da Costa Rosa.

Em carta ao Escola Brasil, ela reclama do transporte escolar feito num pau-de-arara há pelo menos 4 anos. Não é a primeira reclamação sobre o transporte escolar em Bonópolis. Em julho o Escola Brasil denunciou que o transporte escolar estava sendo desviado para outros fins. (PGM 670)

Luiz Alberto entrevista a psicóloga Rosane de Martim Gama para falar sobre os limites que os pais devem impor aos filhos, principalmente quando eles usam a birra como chantagem. O filho de uma ouvinte bate a cabeça na parede e ela quer saber o que fazer.

Economia

Prefeitura de Nova Formosa Ignora a PEC 241

Prefeitura Municipal de Nova Formosa
Prefeitura Municipal de Nova Formosa

Em flagrante desrespeiro à PEC 241 foi feita a aquisição de um caminhão com caçamba basculante, zero quilômetro, no valor de R$ 196.400 mil com uma contrapartida de R$ 79.400 mil (recursos próprios), visa melhorar a manutenção e conservação das estradas municipais.

Essa emenda foi adquirida junto ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, mesmo contrariando a PEC 241. Também outro fator fundamental para o município de Nova Formosa é a aquisição de mais dois novos tratores e implementos, sendo um deles acompanhado de uma carreta com quatro rodas, grade aradora e uma roçadeira trincha a serem utilizados no incentivo aos pequenos e médios agricultores em busca de fomentar a agricultura familiar.

Duas novas peruas Volkswagen modelo Kombi com 12 lugares ano 2011, também foram adquiridas, com recurso próprio, ambas para serem utilizadas na área da educação, que é outra prioridade do município, proporcionando conforto e segurança aos alunos tanto da zona rural como urbana.

Em dois anos de administração, a Prefeitura de Nova Formosa adquiriu 13 novos veículos, além da recuperação dos veículos que se encontravam sem condições de uso. Segundo informações, outros 07 veículos serão incorporados à frota até julho deste ano, totalizando um número de 20 veículos novos em dois anos e meio.

Conquistas de novos veículos de 2016 a 2018
2 –  Retro escavadeiras
03 –  Peruas kombis
01 –  Ônibus com 52 lugares para a Educação
03 –  Microônibus também para a Educação,
01 –  Fiat Pálio para a Saúde,
01 –  Voyage para a Educação
01 –  Caminhonete Fiat Strada para a serviços e obras
01 – Safira para serviços

Possíveis conquistas até julho de 2019
01 – Caminhão basculante em fase de licitação
02 – Tratores em fase de licitação
02 – Veículos utilitários para a Promoção Social
01 – Micro Ônibus para a Educação
01 – Van para a Promoção Social

Economia

Já no ano de 2018 houve uma economia de 45% em relação a 2018. Com um aumento significativo de novos veículo (13) em 2010,  a redução foi de 40% em relação ao ano de 2008.

Ano Despesa com combustível Percentual de economia / 2018
2017 R$ 647.238,20 0%
2018 R$ 358.807,36 45%
2019 R$ 385.903,23 40%

Com essa economia, Nova Formosa, teve condições de se expandir em vários setores, que beneficiam a população, com a realização de reformas em prédios públicos, manutenção de estradas rurais e também na área do lazer, que em breve serão entregues. Fator importante é quanto às reformas nas escolas proporcionando conforto e segurança aos alunos, além de uma excelente merenda escolar.

A chegada dos veículos é resultado de um trabalho determinado pelo prefeito Dr. Jackson Natanael Macedo, que buscou recuperar alguns convênios junto aos governos Federal e Estadual.